sábado, 24 de janeiro de 2015

"depois da tempestade, vem a bonança"



Os jardins da Gulbenkian com sol (15º em Janeiro ♥) e amigos são a receita perfeita para qualquer sábado, mas ganham ainda mais brilho depois duma noite de pura barulheira bonita no MusicBox.

O Inverno pode ser suportável!



quinta-feira, 22 de janeiro de 2015

Cookies de chocolate branco e chocolate de leite



Acabam de me dizer que as minhas bolachas parecem pataniscas (!) mas, ainda assim, acho que vale a pena falar-vos nelas. São as favoritas lá de casa.

Cookies de chocolate branco e chocolate de leite
1 ovo
100g de açúcar amarelo
150g de farinha com fermento
50g manteiga com sal (amolecida)
1 gota de aroma butter vanila
1 gota de aroma de rum
pepitas de chocolate de leite
pepitas de chocolate branco




quarta-feira, 21 de janeiro de 2015

vida em casa - casa com vida




Não sou uma procrastinadora. Bem pelo contrário. Regra geral, gosto de despachar com a ligeireza possível as tarefas aborrecidas e o que tem mesmo de ser feito, para depois poder aproveitar o tempo que sobra a dedicar-me mais ao que quero fazer do que ao que devo fazer. 

Desta vez, sem saber bem como, chegamos ao dia 21 de Janeiro sem que eu tenha ainda arrumado a decoração natalícia, que continua espalhada pela casa. É uma estreia. Entretanto, para disfarçar, nada melhor que flores frescas naturais, com cores já a evocar a primavera - eu sei o tempo que ainda falta mas... já faltou mais!




terça-feira, 20 de janeiro de 2015

um dia de cada vez



A pseudociência (esse monstro abjecto que encontrou terreno fértil nas redes sociais) diz que ontem foi o dia mais triste do ano. O meu dia foi de facto bastante triste e claro que gostava de acreditar que foi o pior de 2015 e que a partir de agora é sempre a melhorar. Não acredito, mas estou cá para acolher com um sorriso todos os dias maus que vierem e... principalmente os bons.

Agora aquilo em que a pseudociência acerta: chegámos àquela altura do ano em que já tenho saudades de fazer embrulhos!




segunda-feira, 19 de janeiro de 2015

:)


“O sucesso consiste em ir falhando sucessivamente sem perder o entusiasmo”
                                                           Winston Churchill

domingo, 11 de janeiro de 2015

2015 a instalar-se


Estou "ausente" há mais tempo do que o habitual. Este Janeiro chegou com uma força (e, por força, entenda-se frio) que hibernar foi a melhor opção. Felizmente, esta nossa casa é quentinha (se ainda morássemos na anterior, já estaríamos conservados como os mamutes na última glaciação) e, cá dentro, quase se sobrevive sem aquecimento. O pior é que a vida não acontece no conforto das nossas casas e, por estes dias, sair à rua, mesmo em Lisboa que não é uma cidade propriamente fria, tem sido um desafio. Se pelo menos nevasse! Todos os anos penso nisto.

quinta-feira, 1 de janeiro de 2015

Estrelas de avelã - os meus biscoitos!



Como planeado, no final de Dezembro saíram do nosso forno 7 tabuleiros de biscoitos de avelã (14 fornadas, se contarmos com a segunda cozedura!). No final, acabam sempre por me parecer poucos biscoitos, mas ficaram tão bonitos e saborosos que recomendo muito que também experimentem fazer em vossa casa (escolham um dia com tempo e paciência!). Vale a pena. Deixei a receita aqui. Enjoy!

Um bom 2015 a todos!








terça-feira, 30 de dezembro de 2014

adeus ano velho - you lost! we won!







Pode dizer-se muita coisa acerca de 2014. Para a maioria de nós terá sido menos bom que mau, difícil e duro. Foi o ano que foi. Um facto é inegável: não voltaremos a viver este ano. 2014 está a acabar e não volta. Nunca mais. E isso, independentemente dos sentimentos que tenhamos em relação ao ano, é a verdade. 2014 acaba amanhã mas nós continuamos cá.  Há sempre alguma nostalgia nisto do tempo que não volta. Por tudo o que descobrimos, pelo tão mais fortes que ficámos, porque chegámos ao fim e continuamos cá, porque são as circunstâncias em que vivemos que fazem de nós quem somos... vamos despedir-nos com pompa?



contagem decrescente, esperança crescente


Estou constipada há mais de 20 dias. Uns dias pior, outros melhor, mas quase sempre a sentir-me aquém do normal. Por outro lado, quase um mês depois, já começa a parecer que o normal é estar assim. Ainda há quem não perceba porque é que gosto tanto do Verão e tão pouco do frio?! É-me sempre difícil aguentar os invernos. Vou tentando focar-me nas coisas boas da época. Há dias em que é mais fácil. Janeiro e Fevereiro são os meses mais penosos do ano e estão quase aí. Só espero que voem! Ainda assim, estou a desejar muito que 2015 comece melhor do que 2014 acaba. Dou por mim a, muito mais do que fazer balanços ou resoluções, esperar coisas boas. Acreditar que algo extraordinário pode acontecer a qualquer momento. Porque é verdade: coisas maravilhosas acontecem todos os momentos (e só não nos apercebemos delas se estivermos concentrados nas más).


sábado, 27 de dezembro de 2014

no rescaldo do Natal




São dias tão bons estes, não são? O pós-festas, o frigorífico cheio de restos, o cheirinho a canela que perdura nas cozinhas, os abraços a amigos de longe que vieram passar a quadra a casa, os chocolates e biscoitos que se recebem fora de tempo, pouca gente nas ruas (depois do caos dos dias que antecederam o Natal), os silêncios... e este Sol de Inverno!




sexta-feira, 26 de dezembro de 2014

Natal 2014


  A espera...




  O pequeno almoço de dia 24, em família:




  O início da preparação para o jantar:


  A manhã do dia de Natal:





  A tarde do dia de Natal:




Não há fotografias dos outros momentos (nem sequer da mesa posta!) porque estava ocupada a vivê-los e nem me lembrei de mais nada. Acho que é bom sinal!

Espero que o vosso Natal também tenha sido bom. Obrigada a quem, de diferentes formas, nos fez chegar bons desejos, retribuo-os em dobro! Beijinhos!


"Havia, naquela mesma região, pastores que viviam nos campos e guardavam o seu rebanho durante as vigílias da noite.
E um anjo do Senhor desceu aonde eles estavam, e a glória do Senhor brilhou ao redor deles; e ficaram tomados de grande temor.
O anjo, porém, lhes disse: Não temais; eis aqui vos trago boa-nova de grande alegria, que o será para todo o povo:
é que hoje vos nasceu, na cidade de David, o Salvador, que é Cristo, o Senhor."                                        Lucas 2:8-11 (Bíblia Sagrada)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...