segunda-feira, 2 de março de 2015

presentes feitos em casa



Sabem aquelas fitinhas que se usam para prender as chuchas à roupa do bebé para evitar que caiam ao chão? Pronto, isso mesmo! Fiz algumas e gostei mesmo do resultado. Não são um presente tão simples e útil? Deixo-vos a ideia.



sexta-feira, 27 de fevereiro de 2015

só mais um bocadinho...







... do lindo Jardim Botânico. Não podia guardar tantas imagens bonitas só para mim!

Para a semana prevê-se Sol a brilhar e temperaturas a subir. Eu sei que é cedo e isto são só umas tréguas passageiras mas, enfim, para quem anda desde Setembro a sonhar com o dia em que arruma novamente as botas e os casacos, qualquer migalha de Verão é bem-vinda. Estou oficialmente feliz com o que vier. Vamos para a rua! :)

quinta-feira, 26 de fevereiro de 2015

Descobrir Lisboa: Jardim Botânico da Ajuda





A quantidade de sítios lindos que existem nesta cidade mesmo "debaixo do nosso nariz" e nos passam despercebidos no dia-a-dia é incrível. Lisboa é a cidade perfeita para quem não trabalha e tem dinheiro. Para grande pena minha não reuno essas condições mas já me dou por muito feliz por poder, ocasionalmente, visitar sítios como este em trabalho. Hoje foi o dia.






quinta-feira, 19 de fevereiro de 2015

Marsala - Color of the Year 2015



Anualmente, a Pantone escolhe uma cor tendência - a "Cor do Ano". Para 2015, a escolha recaiu sobre... Marsala. Goste-se ou não, é bom que nos vamos habituando à ideia. Opiniões? O que vos parece?


sábado, 14 de fevereiro de 2015


cupões

panquecas

O amor não depende de quanto se gasta no dia 14 de Fevereiro. Cá em casa não falta amor e não precisamos de gastar um cêntimo para sabermos isso, todos os dias.


quinta-feira, 12 de fevereiro de 2015

amar também é ceder


 


As saudades que às vezes sinto da casinha branca! Foi a nossa primeira casa em Lisboa. Na Graça. Vivemos lá 4 bons anos. Saímos porque se tornou demasiado cara para a área que tinha mas, para mim, era mais que suficiente. Ele não tem saudades. Eu tenho. Acontece.

quarta-feira, 11 de fevereiro de 2015

agenda



Sem planos para sábado? Aqui não há festa e a entrada é livre!

segunda-feira, 9 de fevereiro de 2015

caixas mágicas



Gosto de fitas de todos os tipos. Uma simples fita, bem usada, pode fazer uma grande diferença em muitos contextos. Sempre que, seja onde for, encontro fitas minimamente giras (ou me oferecem rolos - também já aconteceu!), vou-as juntando em caixas, à espera do momento certo. De cada vez que, por qualquer razão, acontece abrir alguma dessas caixas, aquilo que vejo é potencial. Rios de energia potencial pronta a explodir com a represa e a inundar tudo!

sábado, 7 de fevereiro de 2015

quando os provérbios jogam a nosso favor... ou contra nós


Resolvi levar muito a sério o "não deixes para amanhã o que podes fazer hoje" e o "viver cada dia como se fosse o último" e comer chocolates Ritter SPORT "como se não houvesse amanhã".

Neste momento só sinto o peso na consciência mas palpita-me que a balança também o vai registar. Ai ó pá, mas são todos tão bons! Eu sei que "pela boca morre o peixe" mas "um dia não são dias", pois não?

quinta-feira, 5 de fevereiro de 2015

croissants de chocolate


Hoje, dia mundial da nutella (há mesmo dias para tudo, não é?), 5 de Fevereiro, partilho a receita mais básica de todos os tempos. Para os apreciadores: croissants de chocolate. Com nutella, claro!




Croissants de chocolate

Massa folhada
Nutella

Cortar, enrolar, forno. E é isto.
Coisas criminosas como estas, não deviam ser tão fáceis de fazer.

Claro que qualquer pessoa consegue fazer croissants menos tortos que os meus!

quarta-feira, 4 de fevereiro de 2015

flor carambola origami



Para quem continua a achar que as ideias guardadas no Pinterest não são exequíveis, aqui fica mais uma que experimentei e, pasmem-se, resulta! É uma seca, mas resulta.

Chama-se Flor carambola e podem encontrar no goorigami o vídeo que explica como fazer este origami (a partir de um só quadrado de papel 15cmx15cm). Não é dos mais fáceis mas terminá-lo sabe tão bem como resolver umas palavras cruzadas ou um quebra-cabeças e, pelo menos, o produto final é muito mais giro.


goorigami

sexta-feira, 30 de janeiro de 2015

♥ fotografias antigas


mamã, tio Franz e tia Ruth

Derreto-me com fotografias antigas. Aquela ideia do instante cristalizado na imagem. O momento que, sendo único e irrepetível, fica ali gravado, a repetir-se "para sempre". É tão incrível e tão mágico, se pensarmos bem, que não há como não nos fascinarmos!


quinta-feira, 29 de janeiro de 2015

terça-feira, 27 de janeiro de 2015

o melhor creme de couve-flor que já provaram



Gosto muito de sopas mas raramente como. Só me sabem bem se forem feitas por mim, pela minha mãe ou, muito pontualmente, por alguém em quem confie. Não me perguntem porquê, são mesmo manias. Sei que devia fazer mais vezes em casa mas tenho um comensal que não é grande apreciador de comida saudável e as únicas sopas de que gosta mesmo são as que levam natas, farinha, caldos ou molhos estranhos.

Hoje encontrei uma receita saudável e apetitosa que me pareceu capaz de o conquistar e arrisquei. Estava certa. Saiu um creme de couve-flor delicioso - mais uma vez a provar que ideias encontradas através do Pinterest não têm necessariamente de correr mal.

A receita é do life could be a dream, adaptei-a, e vai assim:

Creme de couve-flor
1 couve-flor
2 a 3 alhos franceses (sem as folhas verdes, claro)
2 dentes de alho
2 colheres de sopa de azeite
1/2 copo de vinho do Porto (na receita original, vinho Marsala)
2 canecas grandes de caldo de galinha
1 caneca grande de leite
pimenta e sal q.b.

Lavei e cortei a couve-flor em pedaços pequenos que levei ao forno a temperatura alta, até começar a tostar (cerca de 10 a 15 minutos), sobre papel vegetal e ligeiramente polvilhada com sal do mar grosso e pimenta preta moída.

Num tacho anti-aderente coloquei o azeite e os alhos franceses laminados. Deixei caramelizar, juntei os dentes de alho picados e o vinho do porto. Deixei reduzir para evaporar o álcool e continuei a caramelizar mais um par de minutos. Se quiserem, este é o momento de separarem um bocadinho deste preparado para, no final, guarnecerem o prato. Juntei ao alho francês o caldo de galinha, o leite e a couve-flor. Deixei a couve amaciar uns minutos e depois triturei. Devem provar e temperar a gosto (eu não precisei de acrescentar nada!). Servir e guarnecer como preferirem. É tããão boa!

Individuais feitos pela Val!


segunda-feira, 26 de janeiro de 2015

alimentos base - cada casa um caso?



Com massa folhada, massa quebrada e massa filo há uma imensidão de coisas boas que se podem fazer em poucos minutos, sem grandes recursos e quase só com o que já houver por casa ou os restos da refeição anterior.

Os alimentos considerados essenciais e aqueles que tentamos ter sempre no frigorífico ou despensa variam de casa para casa. Por exemplo, sei que há casas onde nunca podem acabar os iogurtes ou o queijo e o fiambre - que são bons exemplos de 3 alimentos que nós quase nunca temos. Por outro lado, os nossos essenciais incluem: cogumelos frescos, tomates miniatura, manjericão e coentros frescos, ovos, leite, sementes e frutos secos, malaguetas, esparguete, farinha, açúcar amarelo, arroz carolino, cebolas, azeite, café, manteiga com sal e pão congelado. Se houver isto, estamos bem por muitos dias. Depois, basta comprar legumes frescos e carne ou peixe ocasionalmente.

Já agora, por curiosidade (e para pescar ideias), quais são os vossos alimentos essenciais? Muito diferentes?


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...