segunda-feira, 8 de setembro de 2014

tartes de frutos do bosque frescos




Depois das tartes salgadas, as doces. Pouco doces, mas doces.

Faço uma massa simples (ovo, açúcar, farinha e manteiga) com que forro as formas de tartelete devidamente untadas. Levo-as ao forno até tostarem ligeiramente. Depois de arrefecerem, cubro as bases de bolo estaladiço com creme pasteleiro (ou então custarda) e frutos do bosque. Toque final: polvilhar com icing sugar.

Há coisa melhor?









10 comentários:

Guilhim disse...

Oh pá!! Que bom aspecto!

Val disse...

Não, não há coisa melhor, e as fotos estão de livro de culinária! bj

Catarina disse...

Hmmmm ja ia!!

d* disse...

que aspecto tão delicioso! mnhamii

Lulu walkingonsunshine disse...

Raquel que tentação :)
Tens mesmo muito jeito para a cozinha e fotografia :)
Boa semana
bjs
Lulu

Sara Freitas disse...

maravilhosas! eu gostava era de tentar perceber como é que consegues manter essa elegância e ao mesmo tempo ir fazendo estas delícias... :)

Catarina disse...

Que aspecto delicioso, de fazer água na boca!
E as fotos estão lindas, muito lindas mesmo!
Beijinhos

sarafalcoeiras disse...

wow. que lindas e apetecíveis! tenho um fraquinho por qualquer coisa que leve custard :)

Rebeca disse...

Bem que loucura! Deu-me vontade de ir já para a cozinha. Dás-me a receita? Beijinhos!

Raquel Úria disse...

:)

A receita está no post, Rebeca.
"Faço uma massa simples (ovo, açúcar, farinha e manteiga) com que forro as formas de tartelete devidamente untadas. Levo-as ao forno até tostarem ligeiramente. Depois de arrefecerem, cubro as bases de bolo estaladiço com creme pasteleiro (ou então custarda) e frutos do bosque. Toque final: polvilhar com icing sugar."

As quantidades variam e vão depender de gostares mais ou menos doce, mais ou menos seco, do número de formas que tenhas... eu raramente peso ou meço alguma coisa.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...