quarta-feira, 28 de outubro de 2015

Pão doce de abóbora e especiarias (é um bolo, vá!)



Disse-vos que ia dar o meu melhor para conseguir colocar em prática alguma(s) das ideias que aqui partilhei convosco na quinta-feira. Não foi difícil escolher por onde começar. Tinha uma abóbora em casa já há algum tempo e o pão doce de abóbora e especiarias apelou-me ao coração (e aos sentidos!). Entretanto tinha-me cruzado também com um Bolo de Maçã do Cookies and Cups e resolvi improvisar uma mistura inventada de ambas as receitas mas com reinterpretação livre - à minha maneira! Ficou tão bom que tinha de partilhar.

Pão doce de abóbora e especiarias 
1 abóbora manteiga (com aproximadamente 20 cm de altura)
2 ovos
2dl água
200g de açúcar moreno (brown sugar)
200g de farinha com fermento
pitada de sal
5 cravinhos-da-Índia
2 paus de canela
4 colheres de chá de canela em pó
3 colheres de chá de açúcar granulado
5 vagens de cardamomo
1 colher de chá de gengibre fresco ralado
50g de manteiga
pão ralado e manteiga para polvilhar a forma

Levar a água ao lume num tacho com os 5 botões de cravinho-da-Índia, os 2 paus de canela, a 5 vagens de cardamomo esmagadas e o gengibre fresco ralado. Acrescentar a polpa de 1 abóbora manteiga cortada em pequenos pedaços (para não demorar muito a cozer) e 2 colheres de canela em pó . Assim que a abóbora esteja macia (quando o garfo espeta muito bem e os pedaços de abóbora se desfazem um pouco), desligar o lume e retirar os paus de canela, vagens de cardamomo e paus de cravinho. Triturar a abóbora.

Numa taça, bater os ovos com o açúcar moreno e adicionar a manteiga à temperatura ambiente. Juntar o preparado de abóbora (depois de arrefecer um pouco para não cozinhar os ovos), uma pitada de sal e a farinha com fermento, aos poucos. Misturar bem ( pode ser necessário acrescentar-se mais farinha, caso a massa esteja demasiado líquida). Colocar a massa numa forma de bolo inglês untada com manteiga e pão ralado. Misturar muito bem 2 colheres de chá de canela com 3 colheres de açúcar granulado e polvilhar a superfície da massa. Levar ao forno pré-aquecido a 180ºC até o pão doce crescer e ao espetar-se um palito ele sair sem massa agarrada (mínimo 30 minutos, mas depende muito do forno - o meu é a gás e é difícil regular a temperatura por isso costuma ser rápido).

Este pão doce é no fundo um bolo. Um bolo pouco doce delicioso. Nada sabe mais a Outono que abóbora e especiarias quentes. Regar com caramelo melhora a experiência mas não é fundamental. Experimentem acompanhar uma fatia com uma caneca de Chai Tea Latte (e vão querer mais fatias, uma não vai chegar!).





3 comentários:

Planeta Zorp disse...

Hum... Estou tentada a experimentar! Hoje ofereceram-nos cardamomo e abóbora... Acho q amanhã á noite vão a lume!!!
Obrigada pela deliciosa partilha! Prometo q depois conto como correu e qual o veredicto dos rapazes cá de casa!
Beijinhos da costa alentejana!

Raquel Úria disse...

Conta! Conta! Por favor! Até para eu afinar as minhas quantidades e tempos de cozedura (este último é a minha maior dúvida - tenho um forno tão cheio de manias!).

O cheirinho das especiarias misturado com o da abóbora até lembra já o Natal! Espero que gostem.
Beijinhos da margem do Tejo! :)

MAG disse...

Esta receita parece tão boa... e as fotos!! Esta vou experimentar o mais rapidamente possível!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...