quarta-feira, 16 de setembro de 2015

Reduzir e Reutilizar




Tenho, desde há uns meses, uma toalha plastificada vermelha às bolinhas brancas na mesa pequena da cozinha. Bem sei que não é lá muito elegante, que as toalhas se querem em tecido, que há corredores de mesa e individuais mesmo bonitos... mas a verdade é que, na correria do dia-a-dia, poucas alternativas batem o efeito prático de individuais de plástico ou de uma toalha plastificada (estou a desculpar-me, Val, que li que não és nada adepta!). Na sala (e sempre que há visitas) continuo a usar tecido, mas faço esta cedência na mesa da cozinha em prol da minha sanidade mental - porque lavar toalhas diariamente não é passatempo que ambicione. Além disso, apesar do material não ser propriamente amigo do ambiente, é muito durável e evita um enorme desperdício de água e detergentes - passo um pano depois da refeição e está sempre perfeito!

Ora, a toalha que comprei inicialmente era enoooorme e quando a cortei para ficar mais ou menos à medida da mesa a que se destinava sobraram-me vários pedaços plastificados às bolinhas. Não sabia bem o que lhes fazer mas não consegui deitá-los fora. Ainda bem. Acabaram por se converter nestas bolsinhas impermeáveis bastante práticas. Já fiz várias para oferecer porque, devidamente recheadas, até são um presente giro e útil. Digam-me lá se não vale a pena aproveitar tudo?

6 comentários:

Planeta Zorp disse...

Eu estou contigo! No dia a dia é prática e bonita q.b.! Cá em casa temos uma igual e, com um rapazola de 2anos e meio a começar a ser independente a comer, da imenso jeito!! Qd temos cá amigos ou fazemos uma jantarada, uso sempre as de pano! Com os guardanapos, passa-se o oposto: usamos diariamente os de pano e qd ah visitas usamos os descartáveis.
Quanto a aproveitar o restos do corte da toalha... Mas q excelente ideia para copiar... Só tenho uma dúvida, as agulhas normais da máquina cozem bem este tecido?!
Beijinhos da costa alentejana, Xana

Helena Gonçalves ou Lenny disse...

Olá Raquel,ficaram muito fofas e perfeitas as bolsinhas.
Beijinhos:)

Ana disse...

Tens toda a razão, eu também só gostava e gosto de toalhas para a mesa em tecido, mas estava fartinha de lavar toalhas e de nódoas que eram uma trabalheira para tirar, então estou a usar de plástico na cozinha, e já se encontram padrões tão giros, duram imenso e é só passar o pano. Claro que tenho toalhas em tecido, para os jantarinhos com família e amigos. A tua reutilização ficou muito bem, adoro bolinhas.
Beijihos

Val disse...

Olá Raquel! confesso que com a variedade de "resinados" que se vê por aí, já estou quase a reconsiderar a minha aversão a toalhas de plástico.O problema é que o trauma vem de longe: quando ia almoçar a casa dos meus avós (anos 70), eles utilizavam toalha de plástico, pratos em melamina e talheres com cabo de plástico!Era plástico a mais!haha
Adorei os teus aproveitamento, é como dizes, "devidamente recheados" faz um brilharete!bjs, bom fim de semana!(parece que vem sol!)

Val disse...

PS: voltei para te dizer que hoje ao fim da tarde fui ao "multitecidos em Campo de Ourique, (que agora mudou de nome para Nomalism) e mesmo à entrada estão "resinados" laváveis, que são autênticos tecidos ao toque e à vista. Padrões e cores muito giros! fiquei rendida! realmente as coisas evoluem! tenho que dar um fim ao trauma de infância! beijinhos!

Raquel Úria disse...

:) :)

Xana: usei a mesma agulha que uso para a maioria dos tecidos com pouca espessura. Beijinhos!

Beijinhos Lenny e Ana! É isso mesmo por aqui também Ana!

Ai Val, toalha, pratos e talheres é mesmo demais - pratos em melamina só se for para piquenique com crianças! Lá está, era a avó a proteger os seus serviços bons das mãos dos pequenotes e a criar-lhes traumas estéticos! ;) É verdade, há cada vez maior variedade de padrões e já se encontram alguns mesmo muito giros!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...