segunda-feira, 29 de junho de 2015

Portugal é do mar - eu também!



Não há complacência nos dias. Sucedem-se e atropelam-nos como se tivessem pressa de chegar a algum lado. Junho já está a acabar. Mais minuto, menos minuto, contabilizo 8h de praia em 2015. Faço parte daquele grande grupo de pessoal para quem "verão é praia". E nunca é demais. Gostava de viver ao lado do mar, ouvir as ondas durante a noite e comer peixe e marisco frescos o ano inteiro.

Conhecem boas receitas frescas e com cheirinho a mar para estes dias em que as férias ainda não chegaram mas queremos enganar-nos e fingir que sim? Com amêijoas, mexilhões, percebes...

(Vou fazer uma lista das minhas preferidas para também partilhar. Combinado?)

6 comentários:

carla capricho disse...

Ai se souberes avisa porque eu adoro marisco e peixe fresco , costumo fazer muitas vezes ameijoas à bulhão pato que adoram cá por casa , gambas grelhadas , sapateira recheada ...

Raquel Úria disse...

Carla: faço algumas... mas são quase sempre as mesmas! Por isso é que estava na esperança que me sugerissem algumas novidades. Eu vou tentar tirar fotos decentes e partilhar as minhas. Que ingredientes usas na sapateira recheada?

Planeta Zorp disse...

Olare Raquel! Como já percebeste, vivo ao pé do mar, em plena costa alentejana! No verão as noites cheiram quase sempre a maresia e de inverno ouvimos o som das o das durante a noite! É excelente poderaaur de casa a pé e em poucos minutos já vemos o nosso mar e o nosso rio (o meu rapazola diz sempre q o rio e o mar daqui são nossos!). Comemos muito peixe e marisco, umas vezes apanhado pelo pai da casa, outras vezes oferecido, outras ainda comprado no mercado...durante todo o ano... Sempre fresco e com um ar super apetitoso! Grelhado, cozido, no forno, escalado, em sushi ou em sashimi.... Nesta casa, peixe é de qq forma! De inverno acompanha muitas vezes com legumes gratinados ou batata doce (cozida, no forno, em purê, frita com canela...), de verão com saladas, quinoa, bulgur... Enfim! Peixe é sempre muito bem-vindo a está nossa mesa de 3! Quanto ao marisco, aprendi que quando é confeccionado da forma mais simples é o que mais me agrada! A sapateira leva somente o seu interior, 1 ovo cozido e 1 ou 2 tostas embebidas em cerveja...(ocasionalmente, qd tem pouco no seu interior, leva um pouco de boa mostarda... Muito pouco!) Mais nada! Fica delicioso! Amêijoas, são salteadas só em azeite e alho, bem tapadas, e no final levam uma boa mão cheia de coentros! Os mexilhões podem ser só escaldados em água com sal ou levar o mesmo tratamento das amêijoas (quase todos os de concha podem ser feitos assim!) e os percebes e os ouriços do mar são só escaldados em água com sal... Simples e deliciosos!
Bem, espero ter ajudado de alguma forma!!
Bons petiscos e bom resto de dias de escola... Temos mesmo q tratar de qualquer coisa para o início do próximo ano!!!
Beijinhos desta costa alentejana ventosa,
xana

Raquel Úria disse...

Obrigada Xana! Fiquei com uma vontade de peticar!
Ontem jantámos só amêijoas com pão, assim como dizes que fazes (e sumo de limão para completar o Bulhão Pato).

Raquel Úria disse...

*petiscar

Cá de Casa disse...

Este ano com um bebé conto apenas com 30min de praia e nem bikini usei...
Para uma amante de praia como eu não tem sido fácil! Hehe
o que me vale é que vivo bastante perto do mar :)
As minhas receitas preferidas são as mais simples: peixe fresco asssado na brasa!

Beijinhos,
Carolina

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...