segunda-feira, 10 de novembro de 2014

pão em saco de pano






Não vos tinha dito que comprei outras chitas quando andei a passear por Alcobaça? Isso mesmo. Esta é outra delas. A minha preferida.

Gosto muito de pão, de bom pão. Se pudesse fazia em casa todo o pão que consumimos. Como é uma tarefa demorada, acabo por comprar muitas vezes pão fresco fora de casa e congelá-lo fatiado para depois ir torrando ao pequeno almoço e saber sempre a acabadinho de cozer. O pão que guardo para consumir a curto prazo fica em clássicas sacas de pano, a melhor forma de se conservar isolado mas respirar e manter as propriedades por mais tempo.

Fiz esta saca do pão para a minha amiga Rita e acho que, inevitavelmente, lhe vai levar alegria à cozinha. Não conseguia olhar para este tecido e ver outra coisa, parecia que estava a pedir isto! A implorar para ser uma saca de pão colorida!

Boa semana!

6 comentários:

Bombom disse...

Tão alegre, ficou lindíssima!
A tua amiga deve ter adorado.
Se fizeres muitos sacos desses e venderes aos amigos e conhecidos, podes comprar uma máquina de fazer pão. As do Lidl são muito em conta e satisfazem muito bem; são italianas da Silver Crest. Podes programá-la à noite e de manhã tens pão fresco para o café.
Bjs. Bombom

Raquel Úria disse...

Bombom: ando a pensar que os sacos com recheio bem escolhido também dão um presente de Natal muito bonito!

Tenho máquina de pão há vários anos. Às vezes uso mas prefiro fazer no forno porque não gosto do formato com que os pães ficam na máquina!

Val disse...

Ontem tentei comentar mas não consegui.. Era para te dizer que sou eu que vou ao pão de manhã com um saquinho de pano também! Já pensei em comprar a máquina de pão, mas cheguei a 2 conclusões e desisti: 1-era mais uma máquina na bancada e o espaço já não abunda
2- do jeito que o pessoal cá de casa gosta de pão,iria ser um desbunde ilimitado com as devidas consequências no engordanço!
Mais uma vez adorei essas cores alegres da chita, que não conhecia. O padrão da tua toalha, ou muito parecido, há numa daquelas lojas de tecidos de Campo de Ourique, mas esse, não! muito giro, bem típico! bjs

Rita disse...

Amiga Artista, já estreei o saco do pão e fica lindo na minha cozinha!
A ver se começas a produzir com tanto talento em série. ***

a andorinha disse...

Também tenho este tecido em casa e adoro o padrão!
Ficou óptimo no saco!

Bombom disse...

Olá Raquel

Vinha dar-te só uma sugestão: cá em casa também preferimos o pão feito no forno, por isso, muitas vezes faço-o no Programa Massas que leva cerca de 2 horas a amassar e levedar. Depois tiro-o, amasso um pouco para lhe tirar o ar (sobre uma tábua de madeira para não arrefecer muito) e dou-lhe a forma desejada. Coloco num tabuleiro forrado com papel vegetal de forno (para não ter o trabalho de lavar o tabuleiro) e deixo-o levedar mais 30 a 40 minutos dentro do forno pré aquecido e desligado. Depois de ele crescer, ligo o forno e daí a uns 30 minutos está pronto.
A vantagem de fazeres o teu pão, é que podes usar as farinhas ou misturas preferidas, introduzir as sementes ou os frutos secos a teu gosto e tornares o teu pão mais saudável. Eu sei que já sabes tudo isto, mas foi só para lembrar. Bjs. Bombom

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...