quinta-feira, 21 de novembro de 2013

dos apegos e despedidas



Desde que partilhei convosco o quanto me estava a custar desfazer-me de umas botas velhinhas e substituí-las por outras que as superassem em conforto, passou mais de um ano. As botas, essas, um ano mais velhas, com mau aspeto e sem me favorecerem grande coisa, continuam a ser as preferidas dos meus pés. Comprei outras entretanto mas nenhumas as batem. Sei que tenho de ganhar vergonha e render-me às evidências, mas está difícil. Ofendam-me lá, para ver se aprendo de uma vez e não vos faço ler um post idêntico daqui a um ano!

(Sempre tive pernas tortas. E gosto.)

6 comentários:

PINTA ROXA disse...

Eu quando gosto de uma coisa sou tambem assim. Por isso se te dá um pouco de paz, não és a unica.
Pinta

Filipa disse...

Eu acho que elas ainda estão bem. Tenho umas dadas pela minha mãe que estão visivelmente esmurradas e são das que mais gosto de usar...
Não está na moda? :)

Scarlet Red disse...

Parecem as botas da Mary Poppins!
:)

Raquel Úria disse...

Vocês não estão a ajudar! ;)

Maria Duarte disse...

Se calhar, uma passagem pelo sapateiro para uma BOA engraxadela e uns atacadores novos... ficavam umas botas novas!

Já me aconteceu com roupa, gostar tanto de uma peça que acabo por comprar em várias cores, com calçado o que acontece quando "aqueles" sapatos chegam ao fim da linha, é andar desesperadamente à procura de igual.

Judy disse...

Me desculpe mas entendo sua preferência.
Tenho sapatos que varam anos e anos em uso... eles são apaixonados pelos meus pés (rsrsrs).

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...