quinta-feira, 27 de junho de 2013

aviso


Ando a tentar costurar vestidos para mim própria. Para já, nem sequer precisam de ficar giros, o desafio é conseguir alguma coisa com que possa sair à rua sem medo de, a qualquer movimento, descoser tudo. Aliás... se calhar é melhor começar por camisas de noite e roupas que não impliquem ser vista em público. Medo.

Na adolescência era mais destemida e tive uma fase no 12º ano em que fazia muita da minha roupa (tudo inventado sem moldes, mesmo camisas... nem imaginam o que agora tremo só de me lembrar) e a restante adaptava (apertava as calças, fazia bainhas, inventava bolsos). Uma pessoa é tão mais corajosa quando é miúda, não acham?

Fica o aviso: se nos próximos tempos passarem por alguém na rua com um vestido todo torto, é muito possível que seja eu.

4 comentários:

Paula_2700 milhas disse...

É verdade, nessas idades somos muito destemidas. Depois crescemos e por vezes levamos a vida demasiado a sério! Não deixes de experimentar! Se não te sentes segura porque não começas, como disseste, por camisas de dormir ou mesmo calças de pijama?

De resto não te preocupes se ficar torto, agora usam-se as peças assimétricas :))

Boa sorte, avança com o desafio,diverte-te!

R. disse...

E quando é que começas a fazer para fora?! :)
Sim, eu confio mesmo em ti!!!

Raquel Úria disse...

Obrigada meninas!

R.zinha: há coisas em que mais vale desconfiarmos - por precaução. ;)

ei! kumpel disse...

tu és engraçada :)

Costuras muitooo mais do que eu, quem me dera saber tanto como tu!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...