segunda-feira, 15 de outubro de 2012

bens essenciais







Por ser tão repetitivo e silencioso, o crochet é ideal para quem, como eu, tem dificuldade em estar parada mas precisa de muito descanso. Nunca funcionei bem depois de noites mal dormidas e, apesar de gostar de prazos e de trabalhar sob pressão, preciso muito do meu descanso a seguir. Atividades que me permitem estar sossegada sem a sensação de total desperdício de tempo, são sempre bem vindas. Se, ainda por cima, conseguir aliar isso à produção de alguma coisa que venha a ser útil... é ouro sobre azul. Fiz uma pega redonda. A "técnica" ainda precisa ser bastante melhorada mas este protótipo já foi morar para casa da Rute onde poderá ser testemunha de muitos bolinhos e fornadas de coisas boas. Nada como presentear os amigos com as nossas tentativas semi-frustradas! Garanto-vos que vou continuar a tentar. Até porque é frequente partilhar aqui as minhas invenções culinárias mas não costumo partilhar as muitas queimaduras das minhas mãos no forno... tenho uma espécie de atração fatal para tocar onde não devo e as pegas são um elemento essencial na minha cozinha.

6 comentários:

R. disse...

Gosto. Pronto, é isso.

Ana Rute Oliveira Cavaco disse...

esqueceste-te de dizer que esta é minha!

Raquel Úria disse...

Esqueci-me? Até fiz link e tudo!

Ana Rute Oliveira Cavaco disse...

vê bem o meu cansaço... não estivesse cansada e tinha colocado um post ontem sobre esta pega, que já lhe tira tirado fotos há largos dias. Até parece que combinámos.
Desculpa, que totó.

Rachel disse...

Foi a 1.ª coisa que aprendi a fazer em crochet, ensinou-me a minha avó materna.

Raquel Úria disse...

:)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...