terça-feira, 3 de janeiro de 2012

ao virar do ano



A pavlova de maracujá é leve, sai sempre bem e, como a acidez da polpa de maracujá corta o doce do suspiro, não é uma daquelas sobremesas enjoativas para as quais até custa olhar no final desta época das festas. Desta vez usei a polpa dos maracujás sem sementes mas depois senti a falta das pintinhas pretas a alegrar o prato por isso recorri a hortelã e alguns physalis e a coisa compôs-se. Ficou quase tão bonito como estava bom. Receita aqui.

3 comentários:

Ana Nunes disse...

e estava bom, muito bom.

sara disse...

só tive pena de não ter estômago para repetir. estava a melhor que já comi (acho que todas as que comi foram feitas por ti)

aVidaDaCastanha - Cláudia disse...

Mas que óptimo aspecto ;)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...