terça-feira, 22 de fevereiro de 2011

cortinas


Gostava de colocar umas japonesas nas janelas da marquise mas o pé direito é tão alto que, mesmo esticadinha no último degrau do escadote, não chego ao cimo das janelas, fico ainda a uns 50cm. Porque a privacidade é importante, tinha que pensar em alguma coisa e acabei por comprar esticadores e tecido no ikea.



Ficou bem, apesar de não tão funcional como teria ficado com as japonesas ou umas persianas de madeira ou bambu. O pior é que as cortinas são pesadas e a extensão é demasiada sem nenhum apoio fixo ao centro e acabaram por cair. O sistema durou mais de 1 ano, ainda assim não foi mau.

Para tentar prevenir novas quedas, e porque os vizinhos ficaram com vista directa para dentro de nossa casa, voltei à carga mas com umas cortinas mais leves. 


Duraram 2 ou 3 dias antes de caírem novamente. Agora voltámos a estar numa montra e não sei o que fazer. Alguém tem ideias?

6 comentários:

Ana Mîrza disse...

Raquel, sempre podes optar pelos cortinado em rolo que são aplicáveis tanto nas paredes laterais como no tecto. Costumam ser bastante compridos e têm tons lisos e padrões engraçados. Existem muitos no Leroy Merlim. bjinhos ;)

Ana Rute Oliveira Cavaco disse...

mas se for o teu marido esticadinho no cimo do escadote, já deve dar!

Nicole disse...

tb tenho esse problema... olhares indesejáveis. Comigo é na cozinha que tem portas que dão para a varanda, tenho cortinado, mas não tapa o suficiente, depois não posso colocar um cortinado opaco, isto porque como são portas iria ficar tosco, enorme e ainda retirar mais luz à cozinha (que diga-se de passagem já tem pouca)... finalmente pensei em forrar os vidros com papel (?) autocolante opaco, que agora como preciso não encontro em lado nenhum, para variar.

Irá ficar feio, é certo, mas tenho mais privacidade...

Nem imaginas o que é ter a vizinha do prédio atrás constantemente na varanda a olhar sem pudor p dentro da minha cozinha. Tenho alturas que mal abro a janela, não me sinto bem...!

Claudia Borralho disse...

Acho que esta segunda vez caiu porque já tinha caido com o tecido mais pesado.
Não consigo ver bem na foto, mas parece ser este modelo: http://www.ikea.com/pt/pt/catalog/products/20079342
Há um outro um pouco mais caro que suporta mais peso: http://www.ikea.com/pt/pt/catalog/products/60075295
Tenho os dois cá em casa. O para cortinado mais leve aguenta-se há anos com cortinados semelhantes aos da tua segunda foto. O cabo desce um bocadinho, mas não cai, mesmo com os puxões dos mais pequenos.
Duas hipoteses: arranjar um escadote maior ou experimentar o cabo de aço mais forte (depois da parede arranjadinha, claro.
Mas até gosto desse efeito com um pouquinho de janela aberta em cima :)

Selma Tabita disse...

Eu na janela da minha cozinha (que tem medidas, nada normais!) tenho dois destes: http://www.ikea.com/pt/pt/catalog/products/00084325 mas com medidas diferentes (porque em largura não existe uma com a medida certa). São presos ao tecto, não pesam quase nada e acho que são bonitos...! =)

Raquel Úria disse...

Cortinados em rolo não estou bem a ver como são. São aqueles em faixas, Cila? Não sei se gosto.

O marido chega, claro, conseguir ajuda dele para isto é que é uma tarefa ambiciosa. Pode ser que um dia consiga.

Nicole, vais ter um trabalhão para ficar perfeito mas acho que é muito boa ideia.

Cláudia, este que tenho é esse segundo, parece o mais pequeno à escala porque a janela tem mais de 4m de comprimento. Não parece, eu sei. Tive mesmo que comprar esse porque era o que tinha o arame com comprimento e espessura suficientes. Talvez a culpa também seja, em parte, do tipo de parede.

Selma, era o que eu queria. Mas preciso chegar ao tecto (isto com acordo ortográfico fica "teto"?lol) e como as medidas máximas são 1mx2,5m ia ficar meio curto e custar mais de 200€, porque preciso de 4.

Vou pensar com calma nas vossas ideias, quem sabe se juntando duas ou três não encontro a solução perfeita.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...