sábado, 27 de setembro de 2014

um temporal por dia, não sabe o bem que lhe fazia!




Ontem e hoje puderam observar-se arcos-íris muito nítidos sobre o Tejo. Estes são de ontem.

Hoje à tarde, muito antes do arco-íris, o céu começou a escurecer, deixou de se ver a outra margem e o nevoeiro cerrado "crescia" rapidamente na nossa direcção. Relâmpagos e trovões a sucederem-se e a aproximarem-se. O vento forte como nunca antes tinha sentido aqui começou a assobiar pelas frinchas de todas as janelas e portas da casa. A temperatura baixou. A gata veio esconder-se ao pé de mim. O rio ficou cheio de ondas e, por fim, a chuva abateu-se sobre esta zona de Lisboa com uma força que metia medo. Aliás, eu estava sozinha em casa e senti MESMO medo (até liguei para ele e a seguir para a minha mãe... só pr'a verem bem a mariquinhas que aqui anda!). A chuva grossa com o vento forte foram tão agrestes durante alguns minutos que faziam a água saltar do lado de dentro das janelas! Tive de recorrer a lençóis de banho para estancar a água que entrava por baixo das caixilharias dos janelões da sala e da cozinha!

Pouco mais de dez minutos depois, o dia parecia outro: o Sol brilhava, via-se o céu azul por entre nuvens brancas, ficou calor e o arco-íris voltou a aparecer. Amanhã parece que há mais. Viver neste país tropical é uma emoção! ;)

1 comentário:

a andorinha disse...

É de meter medo de facto.
Mas eu até gosto destas variações do tempo (desde que esteja em casa claro! :))

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...