terça-feira, 5 de junho de 2012

produção em massa!


Compensa sempre fazer queques em quantidade. O tempo que se demora é praticamente o mesmo e eles mantêm-se fofos durante vários dias. Mas o melhor mesmo é que se podem congelar e descongelar quando necessários. Parecem acabados de fazer!



10 comentários:

Cláudia disse...

Hum que aspecto delicioso! ;)

Anónimo disse...

tenho uma paixão por mirtilos.

erva doce

Catarina disse...

Oh minha linda, guarda aí 2 desses no congelador, que somos capazes de ir aí passar o fim de semana... :)

Raquel Úria disse...

A sério Catarina! Por isso é que o meu irmão ligou? :) :) Já falo convosco.

R. disse...

E a receita?
:)

Nani disse...

Nham, baba no teclado! Eu quando faço queques com mirtillos eles aterram sempre no fundo da forma e, para além de não ficarem tão bonitos, porque não se vêem, só os provo na última dentada. lol Tens de me dar a tua receita.

R. disse...

Please, a receitinha... Hoje até comprei mirtilos para a minha pausa de amanhã à tarde. Vou estar a fazer exames... acho que posso ser feliz com uma pausa a fazer queques :)

Raquel Úria disse...

Não tenho receita! Vocês sabem como é, faço tudo a olho.
Assim aproximadamente, para cerca de 20 queques:
200g de açúcar amarelo, batido com 2 ou 3 ovos (juro que já não me lembro!), juntei farinha (cerca de 200 ou 250g que vou adicionando gradualmente), margarina vegetal (100g) molinha - à temperatura ambiente - e leite até ter consistência cremosa.

Formas, mirtilos por cima e forno a 180ºC durante 10 a 15 minutos - dependendo do tamanho das formas e da cor que se quer.

1ºA Torreira disse...

Parabéns pelo blog.
Adoraria a receita.
Obrigada
Eugénia Teixeira

R. disse...

Gosto tanto dos teus improvisos.
Pequena R. ser tua fã, sim?!
E também gostiiiiiii :)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...